15 Alimentos Essenciais

Bianca Enricone - 15 Alimentos Essenciais - Foto Divulgação

Iniciar o ano focando na saúde é uma escolha inteligente. Neste artigo, mergulharemos nos benefícios de 15 alimentos essenciais e a evolução das pesquisas acerca dos alimentos.

Nos primeiros anos do século, as pesquisas em nutrição se multiplicaram, mas nenhuma delas é considerada uma regra fixa para alimentação. A alimentação no século 21 é vista como individualizada, e as escolhas alimentares variam de acordo com as necessidades de cada organismo.

Anthony Fardet, PhD em nutrição humana, destaca a mudança na abordagem nutricional nos últimos 10 anos, enfatizando a importância de uma visão holística e integradora da alimentação. Ele destaca a conexão entre alimentos e doenças crônicas, defendendo a nutrição preventiva como uma maneira de evitar problemas de saúde.

Apesar das mudanças, a importância de alimentos como frutas, legumes, cereais integrais e leguminosas permanece, com ênfase na moderação. O problema muitas vezes está nos hábitos culinários, como o excesso de açúcar e sal em alimentos industriais. Fardet destaca a conexão real entre alimentos e doenças, ressaltando o papel da nutrição preventiva na prevenção de doenças crônicas.

As doenças crônicas geralmente têm origens tanto ambientais quanto genéticas, sendo que, em geral, o componente ambiental possui maior relevância do que o genético. Nesse contexto, é evidente que os alimentos desempenham um papel real na conexão entre doenças e possíveis curas. A nutrição preventiva desempenha um papel crucial ao tentar evitar o desenvolvimento de doenças crônicas por meio de uma dieta mais saudável.

Nos países ocidentais, aproximadamente 30% dos casos de câncer são atribuídos a dietas desequilibradas. Essas dietas também estão associadas a condições como osteoporose, problemas de saúde mental, obesidade, diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e digestivas, além do aumento do processo de sarcopenia (perda de massa muscular durante o envelhecimento). Essas conclusões foram respaldadas por estudos epidemiológicos, indicando uma considerável quantidade de pesquisa direcionada a essas questões nos dias atuais.

Em 1991, após a descoberta de que a gordura saturada afeta negativamente a saúde e a gordura vegetal está associada à redução dos níveis de colesterol, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos introduziu a pirâmide alimentar para orientar escolhas alimentares equilibradas.

No entanto, críticos apontam que a pirâmide, em vez de incentivar a substituição de gorduras prejudiciais por opções mais saudáveis, simplesmente preconizou a redução geral de gordura na dieta. Adicionalmente, promoveu um consumo elevado diário de cereais, pães e massas, em detrimento das gorduras benéficas, resultando em baixa ingestão de gorduras saudáveis e alto consumo de carboidratos refinados. Essa abordagem contribuiu para o aumento alarmante da obesidade, tornando-se um problema de saúde pública no país.

De acordo com um artigo do The Wall Street Journal de junho de 2002, em 11 anos após a introdução da pirâmide alimentar, houve um aumento de 61% no número de americanos com excesso de peso. Isso levou médicos e nutricionistas a criticarem a pirâmide. Em 2005, o professor de medicina da Universidade de Harvard, Walter C. Willett, propôs uma nova abordagem no livro “Coma, beba e seja saudável: o guia da alimentação saudável da escola de medicina de Harvard”. Nesta nova perspectiva, a ênfase está na manutenção do peso ideal, exercícios físicos diários e consumo de água.

Pirâmide de Harvard

A pirâmide de Harvard sugere óleos vegetais saudáveis, como azeite, e cereais integrais em pães e massas no segundo nível. Frutas, verduras e legumes ocupam a terceira faixa, com recomendação de três a cinco porções por dia. Na sequência, encontramos leguminosas, oleaginosas, aves, peixes, ovos, frutos do mar, leite e derivados. No topo da pirâmide, estão manteiga, carnes vermelhas gordurosas, doces, refrigerantes e carboidratos refinados, que foram deslocados do nível inferior para o ápice da estrutura.

A abordagem de Harvard é vista por especialistas como uma maneira eficaz de orientar as escolhas alimentares diárias, especialmente diante das confusões causadas por modismos, pesquisas e notícias contraditórias. É destacado que não existem alimentos intrinsecamente bons ou ruins, mas a ênfase recai nas dietas, podendo ser consideradas boas ou ruins.

A abordagem de Harvard é vista por especialistas como uma maneira eficaz de orientar as escolhas alimentares diárias, especialmente diante das confusões causadas por modismos, pesquisas e notícias contraditórias. Destaca-se que não existem alimentos intrinsecamente bons ou ruins, mas a ênfase recai nas dietas, podendo ser consideradas boas ou ruins. Conectando essa filosofia à prática, apresentamos uma lista de 15 alimentos que podem transformar sua rotina, contribuindo para uma dieta mais equilibrada e saudável.

15 Alimentos Essenciais para Transformar Sua Rotina

  1. Caldo de Ossos:
    • Benefícios: Rico em colágeno, aminoácidos e nutrientes essenciais para a saúde intestinal.
    • Como Incluir: Desfrute em sopas, ensopados ou como base para receitas saborosas. Saiba como fazer em nosso blog.
  2. Espinafre:
    • Benefícios: Poderoso em ferro, folato e antioxidantes.
    • Ideias de Consumo: Em smoothies, saladas ou como acompanhamento refogado.
  3. Maçãs:
    • Benefícios: Fibras e antioxidantes para a saúde cardiovascular.
    • Sugestões de Consumo: Frescas, em pedaços, ou como ingrediente em aveia ou saladas.
  4. Quinoa:
    • Benefícios: Proteína completa, fibras e minerais essenciais.
    • Formas de Desfrutar: Substitua o arroz em pratos principais ou adicione a saladas.
  5. Salmão:
    • Benefícios: Rica fonte de ômega-3 para a saúde cerebral e cardíaca.
    • Preparo Recomendado: Grelhado, assado ou como destaque em bowls saudáveis.
  6. Oleaginosas como as Amêndoas:
    • Benefícios: Ácidos graxos saudáveis, fibras e vitamina E.
    • Modo de Consumo: Como lanche energético, adicionadas a iogurtes ou saladas.
  7. Feijão Preto:
    • Benefícios: Proteína vegetal, fibras e nutrientes como ferro e magnésio.
    • Incorporação na Dieta: Em chili, sopas ou como acompanhamento.
  8. Iogurte de Leite de Coco:
    • Benefícios: Probióticos para a saúde intestinal, proteína e gordura boas.
    • Como Desfrutar: Base para smoothies ou lanche saudável.
  9. Abacate e Coco:
    • Benefícios: Gorduras saudáveis, fibras e vitaminas.
    • Consumo Sugerido: Em guacamole, saladas ou como acompanhamento versátil.
  10. Chá Verde:
    • Benefícios: Antioxidantes para a saúde celular e metabólica.
    • Forma de Aproveitar: Bebida quente ou gelada, ao longo do dia.
  11. Vegetais Crucíferos (Brócolis, Couve-Flor):
    • Benefícios: Rica fonte de fibras, vitaminas C e K, além de compostos anticancerígenos.
    • Preparo Recomendado: Cozidos, assados ou em saladas.
  12. Especiarias: Cúrcuma, Gengibre, Pimenta-do-Reino e Canela:
    • Benefícios: Propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e aromáticas.
    • Incorporação na Dieta: Adicione a pratos salgados, smoothies ou bebidas.
  13. Sementes Chia e Linhaça:
    • Benefícios: Rica fonte de fibras e nutrientes.
    • Formas de Incluir: Adicione a iogurtes, smoothies ou como complemento em receitas.
  14. Pigmentos Azuis (Jabuticaba, Açaí) e Outras Frutas:
    • Benefícios: Antioxidantes e nutrientes essenciais.
    • Consumo Sugerido: Frescos, em sucos, ou como parte de bowls de frutas.
  15. Ovo:
    • Benefícios: Proteína de alta qualidade, vitaminas e minerais essenciais.
    • Como Incluir: Cozido, mexido, pochê ou como parte de pratos diversos.

 

Integrar esses alimentos poderosos à sua rotina não apenas nutrirá seu corpo, mas também se alinha perfeitamente com os objetivos do Detox Kriyá. Ao adotar escolhas alimentares conscientes, você potencializa os efeitos positivos do programa, consolidando um caminho para uma saúde duradoura.

 

Bianca Enricone - Programa Detox Kriyá - Foto Divulgação
Bianca Enricone – Programa Detox Kriyá – Foto Divulgação

Detox Kriyá: Transformação Interna para um 2024 Vibrante

A Saúde ao Seu Alcance:

Eleve sua jornada de bem-estar com o Detox Kriyá, um programa de 30 dias para desintoxicação profunda. Imagine potencializar a energia, eliminar toxinas e fortalecer a imunidade. Clique aqui e inicie sua transformação hoje.

Se prepare para uma jornada de descobertas fascinantes!

Fique atento as próximas postagens.

Bianca Enricone - Foto Divulgação
Bianca Enricone – Foto Divulgação

Facebook 

Instagram 

YouTube

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Bianca Enricone

Assessora de Imprensa

Leia também: Inflamações e Suas Conexões com a Saúde Integral

Deixe seu comentários ao final deste texto. Ficarei feliz em saber.
Fique a vontade também em sugerir assuntos para eu incluir no meu blog.

Compartilhar Post:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Precisa de ajuda?