Outono – Inverno com Saúde

Bianca Enricone - Outono e Inverno com Saúde - Foto divulgação

De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, o Outono encerra um Ciclo de desprendimentos que devemos buscar imitar.

Bem como acontece na natureza em que as folhas velhas caem das árvores e os ventos sopram. A nossa postura deve refletir no total desprendimento de emoções velhas, como, por exemplo o Apego. E primordialmente “soprar” para longe da nossa vida, da nossa mente e do nosso coração tudo que nos aprisiona ao passado ou que nos impede de prosseguir de uma forma plena.

Agindo desta forma conseguimos extrair o que temos de melhor, bem como, aprender com as experiências vividas. Deixar o passado no passado e viver o presente é fundamental!

Depois deste período de “limpeza” que o Outono propõe, temos o período do Inverno. Este busca o Amadurecimento na Vida, Recolhimento, Reflexão e Meditação.

 

O Inverno segundo a Medicina Tradicional Chinesa

No Inverno é tempo de dormir cedo e acordar tarde, de aquecer o corpo e poupar energia. Para os chineses cada estação do ano um órgão tem prevalência. Bem como uma emoção, uma temperatura, uma natureza, um sabor, enfim uma tônica!

Para a Medicina Chinesa o Inverno traz a regência do Elemento Água, da cor Preta, do Sabor Salgado e da emoção relacionada ao Medo ou Depressão.

Este é um momento de cuidar dos órgãos relacionados aos rins e bexiga. Mas também canais relacionados como: ossos, cérebro, órgãos reprodutores, ouvidos, dentes e cabelos.

Assim, esta é uma fase onde problemas relacionados a estes órgãos aparecem com mais frequência. Como, por exemplo: dores na coluna e articulações, dores de cabeça, rinite e sinusite, infertilidade, otite, zumbido, cárie, gengivite e queda de cabelos, bem como a diminuição da imunidade pela exposição ao frio. Veja mais sobre algumas doenças comuns do inverno.

É também no Inverno que o Medo e outras derivações aparecem mais. Também doenças relacionadas a desequilíbrios energéticos como: alterações emocionais, mudanças de humor, aumento de medos e pânicos e inseguranças. Estas atingem maiores proporções de pessoas, como que um sentimento coletivo.

 

A Dietoterapia Chinesa

A Dietoterapia Chinesa é um dos Pilares da Medicina Chinesa que busca equilibrar o corpo através de uma alimentação personalizada. Dessa forma, identifica quais órgãos trabalham em “deficiência” e quais órgãos trabalham em “excesso” para aquele indivíduo. Assim, os alimentos são usados como verdadeiros tônicos de órgãos e o excesso é dissipado pelo equilíbrio como um todo.

Porém algumas dicas podem ser generalizadas para a Estação Inverno.

 

Dietetorapia Chinesa para o Inverno: Quer ter mais saúde e energia?

– Elimine totalmente alimentos crus como saladas e frutas frescas. Prefira legumes cozidos, sopas e frutas assadas ou cozidas.

– Evite alimentos que acumulam umidade. Pois, estes vão ser transformados em muco/ catarro e piorar os indivíduos que sofrem com sinusite, otite e gripe. Estes alimentos são: maionese de batatas, laticínios, farinhas brancas e alimentos que foram congelados.

– Tome água natural ou morna. A relação de água compreende 30ml/kg/dia. Por exemplo: Se temos um indivíduo de 90Kg / 30 = 3 litros de água por dia.

– Elimine completamente o doce visto que o Sabor da Estação é o Salgado. Isso também não quer dizer que devemos aumentar a quantidade de sal. O nosso “Sal de Cozinha” é rico em apenas NaCl (cloreto de sódio).

Dessa forma, o correto seria substituirmos por sal Marinho Integral. Uma vez que não é refinado e, portanto, rico em mais de 72 tipos de sais minerais essenciais para a nossa saúde e manutenção da vida. Bons alimentos “salgados” são: sardinha, camarão, caranguejo, siri, algas e conservas em geral.

– Pela Cor Ser Preta todos os tons de alimentos pretos ou azul e roxo profundos são benéficos neste período. Por exemplo: feijão preto, mirtilos, uvas pretas, azeitonas etc.

– Inclua oleaginosas como: castanhas, amêndoas, nozes e sementes como de girassol, gergelim, linhaça, etc.

– Inclua ovos, feijões de um modo geral, lentilhas e couve.

– Use temperos e especiarias que favoreçam a circulação de energia e/ou que aqueçam o corpo. Como, por exemplo: cebola, alho, nabo, coentro, alecrim, salsa, cebolinha, curry, gengibre, manjericão, cardamomo, cravo, canela, anis estrelado.

 

Bianc Enricone - Especiarias para Outono e Inverno - Foto Divulgação
Bianc Enricone – Especiarias para Outono e Inverno – Foto Divulgação


– Equilibre sua alimentação preferencialmente com alimentos destas três naturezas: Neutros, Mornos e Quentes.

 

Natureza Morna:

Abobrinha, açafrão, açúcar mascavo, alcaparra, alecrim, alho, alho-poró,  anchova, aneto, arroz moti, batata-doce, café, camarão, castanha, cebola, cebolinha, cereja, coentro, cominho, damasco seco, enguia, erva-doce, fígado de galinha e de porco, mostarda, tabaco, frango, gengibre, girassol, goiaba, hortelã-pimenta, leite de coco, leite de ovelha, louro, maltose, manjericão, manteiga, morango, noz, pêssego, pinhão, pistache, rim de boi e de carneiro, salsa, sorgo, tâmara, uva, vinho.

 

Natureza Quente:

Canela, gengibre seco, pimenta, pimentão, óleo de soja, truta.

 

Natureza Neutra:

Açafrão, açúcar branco, alcaçuz, alfafa, ameixa, amêndoa, amendoim, arenque, arroz branco, arroz integral, atum, azeitona, batata-inglesa, beterraba, boi, cabelo de milho, cação, cará, carneiro, carpa, cenoura, centeio, coco (polpa), cogumelo shiitake, couve, couve-flor, ervilha, esturjão, farelo de arroz, feijão azuki, feijão-decorda, fígado de boi, figo, folha de goiaba, folha de rabanete, framboesa, gema de ovo, gergelim preto, inhame, leite humano, leite de vaca, maçã ácida, mamão, mel, milho, moela de galinha, nabo, óleo de amendoim, ovo de galinha, pato, peixe de carne branca, pombo, queijo, repolho, rim de porco, sardinha, semente de lótus, uva.  

 

Outras Dicas Para a Estação Inverno

– Sessões semanais de Acupuntura garantem um extra na imunidade e a manutenção da saúde.

Bianca Enricone - Acupuntura- Foto Divulgação
Bianca Enricone – Acupuntura- Foto Divulgação

– Massagear diariamente, com movimentos circulares, toda a região lombar, que vai desde a cintura até o cóccix. Vale também aquecer o local com bolsas de água quente pois o calor e a massagem tonificam a energia dos rins. Fato que resulta em uma melhora na imunidade bem como alívio local, quando for o caso de dor.

– Aquecer os pés em bacias com água bem quente e a nuca. Isso alivia os sintomas iniciais de sinusite, de garganta arranhando e cura friagem do corpo. Após os escalda pés enxugue os pés e imediatamente vá dormir.

– Agasalhe-se com toucas, luvas e cachecóis principalmente as extremidades, mãos, pés e cabeça. Para o chinês existe um ponto na nuca onde o frio exterior penetra no corpo e causa friagem que pode desencadear as famosas gripes, como também as sinusites.  

Com estes cuidados tenho certeza que vamos aproveitar com mais saúde a beleza o que esta estação tem a nos oferecer!

 

Eu sou Bianca Enricone, agradeço a sua companhia até aqui e convido você a embarcar nessa jornada em busca de uma vida plena! Peço que visite o site e as redes sociais e me ajude a divulgar este vídeo e compartilhar a saúde integral.

 

 

Siga a Dra. Bianca Enricone nas Redes Sociais:

 

 

 

Facebook 

Instagram 

YouTube

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

Fonte: Bianca Enricone

Assessora de Imprensa

Leia também:Por que a maioria das pessoas fracassa nos planos de mudança?

Deixe seu comentários ao final deste texto. Ficarei feliz em saber.
Fique a vontade também em sugerir assuntos para eu incluir no meu blog!

Compartilhar Post:

2 comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Precisa de ajuda?