Problemas Com a Digestão

Frequentemente ouço as pessoas reclamarem de problemas com a digestão. Como: Azia, má digestão, estufamento gástrico, refluxo, são queixas comuns. Quase sempre acreditam que estão “superácidas”. Por esse motivo, acabam tomando por conta própria medicamentos para o combate desta superacidez, como os omeprazois entre outros. Mas o que grande parte das pessoas não sabe é que os sintomas de superacidez e subacidez são idênticos.

A saber o suco gástrico é formado basicamente por água, ácido clorídrico e enzimas digestivas. Assim, seu pH varia entre 1,5 e 2.

O ácido clorídrico (HCl) do nosso estômago nos ajuda muito no processo inicial da digestão. De tal forma que tem papel fundamental também para ajudar a destruir bactérias e agentes patogênicos presentes nos alimentos e na água. Isso acontece devido ao seu pH tão baixo.

Mas, e se não estamos produzindo ácido clorídrico suficiente?

Problemas com a digestão - Universo Vibracional
Problemas com a digestão – Universo Vibracional

Sempre ouvimos sobre o excesso de acidez estomacal. Desse modo, muita gente que sofre de problemas com a digestão não faz ideia que pode estar é com baixa acidez estomacal!

Esse é um engano comum, uma vez que os sintomas de azia, queimação e refluxo podem mesmo confundir.

A falta de ácido clorídrico no estômago

A insuficiência de ácido clorídrico no estômago é chamada de hipocloridria. Como resultado, à baixa produção de ácido no estômago o pH aumenta chegando a ficar acima de 4.5.

Esse pH elevado do estômago predispõe a algumas doenças. Nesse ambiente, as bactérias e leveduras conseguem crescer e se reproduzir com mais facilidade.

Além disso, uma quantidade inadequada de ácido no estômago também está relacionada com a má absorção de vitaminas e minerais. Isto acarreta em deficiências de cálcio, ferro e vitamina B12. Dessa forma, também há maiores riscos de osteoporose, anemia e demência. Sem contar que a falta de ácido clorídrico no estômago também está associada com o maior risco de desenvolver câncer gástrico.

A falta de ácido no estômago também traz como consequência problemas com a digestão. Como o alimento fica mais tempo parado no estômago para tentar ser digerido, eventualmente, você se sente estufado.

Ainda, durante esse tempo, o alimento pode fermentar e gerar gases no estômago. Fato que favorece o refluxo e a azia.

Posso afirmar com base em estudos científicos, que grande parte da população acima de 30 anos tem hipocloridria. Ou seja, produz pouco ácido clorídrico.

Como a insuficiência de ácido clorídrico pode apresentar uma variedade de sintomas não-específicos, semelhantes aos do excesso de acidez, muitas pessoas acabam tomando por conta própria medicamentos antiácidos.

Os medicamentos para inibir a produção de acidez podem até aliviar os sintomas rapidamente, mas infelizmente pioram a causa do problema!

Isso, porque, ao tomar omeprazol, por exemplo, o estômago que já estava com baixa acidez, fica na quase total ausência de acidez por um longo período. Dessa forma, mesmo que você tenha o refluxo ele não terá mais ácido suficiente para agredir o seu esôfago e provocar a azia. Assim, promove uma falsa sensação de melhora.

Problemas com a digestão? O Limão pode ajudar!

É claro que nada substitui a visita a um médico, mais especificamente um gastroenterologista, mas o limão pode ter grande ação terapêutica nestes distúrbios gástricos.

Problemas com a Digestão - Limão - Universo Vibracional
Problemas com a Digestão – Limão – Universo Vibracional

A indústria farmacêutica tem boas opções na área de enzimas para melhorarmos a digestão. Alguns exemplos são a pepsina, bromelina, cloridrato de betaína, entre outros. Mas todos agem indiretamente nos sintomas na deficiência de ácido clorídrico.

Entretanto o suco de meio ou um limão, que pode também ser diluído em água ou não, em jejum pela manhã corrige definitivamente a hipocloridria. Desta forma ajuda na produção dos ácidos gástricos. 

Claro que não é um dia, nem uma semana, mas tomando regularmente, como resultado, você verá o efeito benéfico na sua saúde, além de ser uma excelente fonte de vitamina C.

E se você quiser ainda dar “um tapa” no stress, melhorar o pique, e ainda emagrecer, combine couve e gengibre. A couve é uma excelente fonte de magnésio e o gengibre tem ação termogênica e imunoestimulante. Vale salientar que o gengibre dever ser usado com cautela em pacientes hipertensos.

Ou use a sua criatividade combinando hortelã, salsa e outras ervas criando em excelente suco detox. E no meu jeitinho chinês, use água morna, que de acordo com a Medicina Tradicional Chinesa, preserva a atividade e a energia do baço.

Para um detox mais completo e profundo, você já conhece o Detox Kriyá?

 

Programa Detox Kriyá
Programa Detox Kriyá

O Programa de Detox Kriyá é uma técnica elaborada com base na Medicina Ayurvédica que irá desintoxicar o seu corpo de uma maneira totalmente eficaz. Ao tempo em que fortalece a capacidade natural do seu organismo.

Agora, se você não pode parar para fazer um detox, ou está longe disso, outra alternativa está no Tratamento Vibracional com o Quantec.

Com o Quantec é possível fazer um escaneamento mais profundo de todo o trato digestório buscando, dessa forma, as verdadeiras causas do problema.

Escaneamento Tratamento Vibracional com o Quantec
Escaneamento Tratamento Vibracional com o Quantec

 

Aliás, sempre recomendo trabalhar a parte mental com o Quantec bem como a parte física com o Detox Kriyá. Assim, desta forma conquistamos uma saúde mais ampla, com resultados mais profundos em um tempo menor.

Eu sou Bianca Enricone, agradeço a sua companhia até aqui e convido você a embarcar nessa jornada em busca de uma vida plena! Peço que visite o site e as redes sociais se inscreva no canal, e me ajude a divulgar e compartilhar a saúde integral.

Entre em contato comigo pelo whats app 47 98495-2112

Foto Divulgação: Bianca Enricone
Foto Divulgação: Bianca Enricone
Compartilhar Post:

Um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Precisa de ajuda?