Construção do hábito: desperte para a vida!

Bianca Enricone - Construção do Hábito - Foto Divulgação

O que você sintoniza? Qual o seu modelo adotado? A construção do hábito nos possibilita criar uma nova realidade, um novo Campo Morfogenético, mais próspero e feliz. Não se assuste vou explicar.

Atualmente sabemos que os cérebros não somente conversam entre si, mas também podem se conectar de forma poderosa com tudo ao nosso redor. Assim, as pessoas, o ambiente e todas as coisas do mundo estão conectadas. Mais especificamente criam um campo de informação, uma memória que não é a do código genético, o que chamamos de Campo Mórfico ou Morfogenético.

Na prática, podemos evidenciar esse campo tanto no comportamento de pássaros que voam em sincronia; bem como nos animais que migram de um lugar para outro; na vegetação que “aprende” a sobreviver em determinados lugares, como também no nosso padrão familiar e nas crenças que nos acompanham.

Ou seja, recebemos as informações de tudo que nos cerca e passamos a reproduzi-las. Então, estamos fadados a seguir sempre o mesmo comportamento? Não necessariamente. Afinal, a construção do hábito nos direciona para onde queremos chegar.  Logo, basta querer e despertar esse poder.

Somos arquitetos da nossa realidade. O que você está esperando para direcionar sua vida para a felicidade?

Campos morfogenéticos na construção do hábito

Você sabe o que são campos morfogenéticos? A hipótese dos campos mórficos foi formulada por Rupert Sheldrake, biólogo, bioquímico e autor de mais de oitenta artigos científicos e dez livros.

Segundo o holismo, cada espécie animal, vegetal ou mineral possui uma memória coletiva que afeta as mentes de todos que fazem parte desse campo. Assim, átomos, moléculas, células, organismos, sociedades, ecossistemas, enfim, tudo estaria associado a um campo mórfico específico. Este, se estende no espaço-tempo e molda a forma e o comportamento de todos os membros da espécie.

Deste modo, quando um indivíduo de determinada espécie aprende uma nova habilidade, esta ressoa para os demais, independentemente da distância que se encontrem. Em consequência disso, mais fácil será para todos os outros indivíduos da espécie aprender esta habilidade.

A Teoria do Centésimo Macaco

Para exemplificar essa ressonância mórfica na construção do hábito, foi elaborada a teoria do centésimo macaco.

Por exemplo imagine duas ilhas tropicais distantes, sem qualquer contato perceptível entre si, mas habitadas pela mesma espécie de macaco. Após diversas tentativas, um esperto símio de uma das ilhas descobre uma nova maneira de quebrar os cocos. Logo, esta lhe permite aproveitar melhor a água e a polpa. Rapidamente, esse novo procedimento se difunde entre os outros macacos dessa mesma ilha e, logo, 99 macacos dominam essa nova metodologia de quebrar cocos.

Desta forma quando o centésimo símio dessa ilha aprende a técnica, igualmente os macacos da outra ilha começam espontaneamente a quebrar os cocos da mesma maneira, sem que houvesse nenhuma comunicação entre as duas populações.

Segundo Sheldrake, o conhecimento simplesmente se incorpora aos hábitos da espécie. Esse processo recebe o nome de “ressonância mórfica”.

Por meio dela, a nova técnica de quebrar cocos chegou a outra ilha para os macacos da mesma espécie. Desse modo que as informações se propagam no interior do campo mórfico, criando uma espécie de memória coletiva.

A ressonância mórfica não é telepatia, mas sim, um processo básico, difuso e não-intencional entre os indivíduos do mesmo campo morfogenético.

Do mesmo modo que o cão sabe quando seu dono está chegando, que as lagartixas reconstroem seus rabos da mesma forma. Existe uma rede de informação para que isso ocorra baseada no Princípio da Hiperconectividade, na qual as pessoas e as coisas estão conectadas.

Os padrões se repetem de geração em geração

Bianca Enricone - Construção do hábito - Universo Vibracional - Foto Divulgação
Bianca Enricone – Construção do hábito – Universo Vibracional – Foto Divulgação

Para entender melhor como os campos morfogenéticos transmitem as informações, pense nos campos magnéticos, da física. Ao colocarmos uma folha de papel sobre um ímã e espalharmos pó de ferro em cima, as partículas de ferro distribuem-se ao longo de linhas em consequência do campo magnético criado pelo ímã em toda a região à sua volta.

De modo parecido, os campos mórficos também se distribuem imperceptivelmente pelo espaço-tempo, conectando todos os sistemas. Porém, ao contrário dos campos físicos, os campos mórficos levam informações, não energia. Eles não perdem intensidade através do espaço e do tempo, passando a ser compartilhado por toda a espécie.

A construção do hábito através do processo de ressonância mórfica pode ser igualmente aplicada ao princípio de memória coletiva, ou padrão familiar. Nela cada família tem a sua própria memória comum compartilhada por todos os membros, tenham eles convivido ou não nas mesmas coordenadas espaço temporais.

Aliás esse padrão repetitivo pode ser tanto bom quanto mal. Desse modo, essa pode ser a resposta para determinada área da sua vida nunca prosperar, por mais que se tente. É um padrão repetitivo entre os indivíduos desse clã.

Por exemplo quando nascemos, carregamos conosco muitas experiências, pois fomos inseridos nesse campo com tudo o que ele contém. Assim, cada um de nós é responsável não só pelas próprias ações, como também, pode influenciar os outros a repeti-las.

É possível criar uma nova realidade e construir novos hábitos?

Felizmente, um campo morfogenético não é uma estrutura inalterável. Ele pode também ser mudado quando se muda todo o sistema com o qual está associado. Para isso, a palavra chave é “hábito”.

Em primeiro lugar é através da construção do hábito que se origina os campos morfogenéticos. Da mesma forma que com a mudança dos hábitos, é possível alterar estes campos e assim, criar uma nova história para a sua vida.  Porém se faz necessário realmente uma consciência presente, ou seja o auto despertar. Pois, é através dela que um novo campo de informação é consolidado.

Construção do hábito: Desperte o poder dentro de você

Todos nós temos o poder de ajeitar as coisas, de criar uma nova realidade com novos hábitos e assim, redirecionar a vida para estágios de felicidade, bem-estar físico e mental.

Para isso, é preciso mudar o modo como estamos habituados a ver o mundo.Aliás precisamos nos ver como parte do mundo. Não estamos sozinhos, tudo está conectado.

Afinal, ao tomarmos consciência do modo de nos relacionarmos com a vida, com nossa família, tomamos as rédeas do nosso destino e nada mais poderá ser considerado como obra do acaso.

Sobretudo, a paz, a abundância, a prosperidade vem da consciência presente. Porém, nem sempre é fácil encontrar os motivos que impedem você de prosperar e viver a plenitude. Uma vez que essas crenças estão no seu inconsciente.

Mas então, como construir novos hábitos se seguimos o mesmo padrão inconscientemente?

Através do Quantec, um Equipamento de Biocomunicação Instrumental que identifica e corrige estas informações inconscientes que atrapalham a sua vida.

O Tratamento Vibracional com o Quantec é um método moderno que alia conhecimentos de Física Quântica e de terapias diversas para medir o campo vibracional e corrigir esses padrões em desequilíbrio.

Qual o padrão repetitivo que sua vida de encontra? São os relacionamentos desgastados? Ou, não se realiza e prospera profissionalmente? Seja qual for seu problema, conhecido ou ainda inconsciente, experimente o Tratamento Vibracional com o Quantec.

Eu sou Bianca Enricone, agradeço a sua companhia até aqui e convido você a embarcar nessa jornada em busca de uma vida plena! Peço que visite o site e as redes sociais se inscreva no canal, e me ajude a divulgar  e compartilhar a saúde integral.

Entre em contato comigo pelo whats app 

Bianca Enricone - Tratamento Vibracional Com o Quantec - Foto Divulgação
Bianca Enricone – Tratamento Vibracional Com o Quantec – Foto Divulgação

Siga a Dra. Bianca Enricone nas Redes Sociais: Facebook  Instagram  YouTube

Fotos: Divulgação / Arquivo Pessoal

FonteBianca Enricone 
Assessora de Imprensa 

Leia também: Biorressonância: Tecnologia inovadora!

Compartilhar Post:

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Outros Artigos

Bianca Enricone - Molho Pesto - Foto Divulgação

Molho Pesto

Molho Pesto Ingredientes: ½ Maço de manjericão 1 dente de alho ½ xícara de chá de azeite ⅓ de xícara

Leia mais
Precisa de ajuda?